No ano passado, 13,5% do total do lixo brasileiro era plástico. Conforme a Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública e Resíduos Especiais (Abrelpe), o país produziu cerca cerca de 62 milhões de toneladas de resíduos sólidos urbanos em 2011. Do total 23 milhões de toneladas vão para aterros ou lixões impróprios.

Coordenadora do departamento técnico da Abrelpe, Adriana Ferreira explica que além de esses locais serem um risco para a saúde pública, existem outras consequências:

– Muitas vezes não há impermeabilização  de solo, o que pode fazer com que o chorume contamine lençóis freáticos. Já os gasessoltos pelos resíduos podem não ter captação e tratamento, formando bolsões e até podendo causar explosões.

E é só o começo dos malefícios para o meio ambiente. Dez porcento de todo lixo não é coletado e acaba parando em qualquer lugar, inclusive – e principalmente – em rios e mares.

tartaruga

A Medasset, Associação do Mediterrâneo para Salvar Tartarugas Marinhas, realiza a campanha “Você vê a diferença. As tartarugas não” alerta para as terríveis consequências da poluição marinha causada pelos plásticos.

O plástico é uma resina, derivado de petróleo não renovável. Da extração à reciclagem, todo processo gera impacto no meio ambiente. Afirma Elisabeth Grimberg, Coordenadora da área de resíduos sólidos do Instituto Polis.

Números do impacto do plástico

80 % a 90% do lixo marinho verificado em estudos

13,5% do total de resíduos sólidos urbanos no Brasil

100 anos é o tempo para se decompor

100 milhões de toneladas de plástico são produzidas por ano, no mundo

10% acabam nos oceanos

As lonas publicitárias são compostas de PVC vinílico, um tipo de plástico, e uma trama de tecido. Em função dos altos custos para reciclagem muitas lonas terminam em lixões. O conceito do Upcycling utilizado pela empresa Greener é uma ótima alternativa. A empresa utiliza as lonas publicitárias como matéria prima e a mão de obra de comunidades menos favorecidas para transformar lixo em luxo! Assim, a Greener evita que estes materiais acabem em aterros sanitários e ao mesmo tempo gera renda na comunidade.

Cases para Notebook Greener, produzidos a partir de lona publicitária

Fonte: Nosso Mundo Sustentável, Reportagem Lixo para os Canudos de  Júlia Ottero

Comments are closed.