A GREENER se fez presente no ótimo Meeting Empresarial, um dos eventos simultâneos da Feira Internacional de Tecnologias para o Meio Ambiente – FIEMA 2012.

Abaixo release oficial do apresentador do Meeting e idealizador da Plataforma Liderança Sustentável, Ricardo Voltolini.

Por Cláudia Piche

Na manhã da quarta-feira, dia 25/04, os termômetros na Serra Gaúcha marcavam pouco mais de 5°C. Mas nem o frio impediu que a recepção ao primeiro encontro da Plataforma Liderança Sustentável fora de uma capital fosse pra lá de calorosa. Reunidos para o primeiro Meeting Empresarial da FIEMA, tradicional Feira Internacional de Tecnologia para o Meio Ambiente em sua oitava edição, em Bento Gonçalves (RS), cerca de 230 líderes empresariais da região prestigiaram as apresentações do consultor Ricardo Voltolini, do gerente de Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Braskem, Mário Pino, e do presidente da Tetra Pak, Paulo Nigro.

Como de praxe, Voltolini, idealizador do projeto, abriu o encontro com uma análise das características comuns aos líderes selecionados para integrar o livro Conversas com Líderes Sustentáveis, origem da Plataforma.

A crença firme nos valores que estruturam o conceito da sustentabilidade; a compreensão da noção de interdependência entre os sistemas econômico, ambiental e social; a coragem para enfrentar dilemas e a persistência para conduzir as mudanças necessárias; a visão da sustentabilidade sob a ótica da oportunidade e a capacidade de dialogar, comunicar ideiais e propósitos, envolver colaboradores e identificar sinergias foram o foco da apresentação.

Na sequência, Mário Pino, da Braskem, fez uma apresentação inspirada. “Bem-vindo o líder do desenvolvimento sustentável, aquele de um mundo onde 2+2 não são 4”. Para Pino, o líder sustentável é aquele que inverte a lógica tradicional e faz perguntas a si mesmo, antes de tomar decisões. Numa tradução para os negócios, disse ele, significa que as empresas têm de ter a coragem de “não vender para qualquer um”, assegurando-se de cuidados em toda a sua cadeia produtiva.

 Também bastante inspirado, Paulo Nigro, presidente da Tetra Pak para o Brasil e América da Sul, emocionou o público contando sua trajetória desde a infância, quando acompanhava o pai, trabalhador da construção civil, recolhendo fios de cobre e outros objetos para vender. Segundo Nigro, a noção de que tudo tem valor e pode ser transformado o acompanha desde aquela época. Noção que o levou, com o passar dos anos, a enxergar com profundo respeito as questões ambientais e sociais.

Segundo Nigro, três dicas são fundamentais aos líderes que desejam implantar processos sustentáveis em suas empresas. A primeira é conhecer profundamente a cadeia de valor da empresa. E, “se encontrar divergência com seus valores e princípios, tenha a coragem de dizer não”. Tão importante quanto isso, disse Nigro, é falar com paixão e com o coração. “Não tenha medo do ridículo, se estiver fazendo por uma boa causa”, completou. Como terceiro conselho, o presidente da Tetra Pak pautou-se por uma crença, segundo ele muito pessoal, mas que deve nortear qualquer liderança. “É fundamental acreditar em algo maior. Seja qual for a sua crença, acredite que o respeito ao ser humano é o que vai nos levar a cuidar do nosso templo maior, que é o planeta. Palavras emocionam. Mas o que arrasta as pessoas é o exemplo”, finalizou Nigro, emocionando a plateia.

 Para encerrar o encontro, a metodologia da Plataforma Liderança Sustentável também inverte a lógica. E, em vez das tradicionais perguntas aos palestrantes, Ricardo Voltolini propõe questões provocativas à plateia. Nas respostas, os empresários presentes têm a chance de expor dúvidas e dilemas, para serem comentadas pelos palestrantes, resultando numa espécie de coachingcoletivo. Uma oportunidade rara, que os empresários da Serra Gaúcha tiveram o benefício de desfrutar.

Fonte: Idéia Sustentável

Leave a Reply