No último dia 8 de setembro os sócios da Greener participaram de workshop sobre Cradle to Cradle. Principal pilar da Nova Economia Circular.

Conforme o diretor executivo da Greener, Conrado Rosa, os resultados do workshop foram muito positivos. “Notamos a necessidade de entregar soluções mais abrangentes e completas para nossos clientes. Esta experiência possibilitou ampliar nosso Hub de Parceiros Sustentáveis, como o renomado Instituto de Pesquisas Alemão Epea. Estamos aptos tanto a trabalhar com o conceito Cradle to Cradle como realizar Projetos Turn Key. Do planejamento até a entrega do projeto finalizado ou em funcionamento. Queremos cada vez mais auxiliar nossos clientes nas atividades meio, para facilitar as atividades focadas no core business das empresas.”

Entenda um pouco mais sobre Economia Circular e Cradle to Cradle.

Hoje vivemos num modelo Linear de Produção: extrair, fabricar, descartar. Notadamente insustentável.

Fonte: Ellen MacArthur Fundation

No último Fórum Mundial de Davos foi apresentado uma alternativa para todo o turbilhão de informações que recebemos sobre sustentabilidade. O relatório Towards the Circular Economy produzido pela Ellen McArthur e  McKinsey & Company, aponta casos e análises financeiras das oportunidades no sistema batizado de “Economia Circular”, um modelo capaz de desacoplar o crescimento econômico da geração de resíduos. O relatório destaca  uma oportunidade de US$ 380 bilhões em negócios não explorados apenas na Europa e o conceito Cradle to Cradle como base desta Nova Economia.

O Cradle to Cradle alia a prosperidade econômica da empresa com a manutenção da qualidade dos recursos naturais e da matéria prima: sem impactos ambientais negativos e superando regulações ambientais. Através desta estrutura de trabalho prática e visionária, as empresas tornam-se capazes de integrar uma cadeia produtiva ‘do berço ao berço’ muito mais inteligente e rentável, que recupera o valor dos materiais, eliminando o conceito de lixo e transforma o consumo numa forma de promover a saúde das pessoas e do meio ambiente.

 Quer mais informações? Faça contato conosco pelo greener@greener.net.br

Comments are closed.