Uma parceria entre o Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP) e o Centro Integrado de Tecnologias da Informação (Citi) vai montar um programa de incentivo a projetos sustentáveis, mapeando pequenas empresas fornecedoras de tecnologias e serviços que possam ajudar grandes corporações a tornar seus processos de produção menos prejudiciais ao meio ambiente.

O objetivo é criar um banco de dados em que grandes empresas possam consultar projetos de pequenos e médios empreendedores que foram colocados em prática. A partir dessa plataforma, as corporações poderão procurar e contratar o serviço que mais de adéqua as suas necessidades. As empresas de pequeno e médio porte terão mais visibilidade, podendo assim aumentar a sua rede de negócios.

O programa valoriza empreendedores que buscam diferenciação no mercado de produtos e serviços investindo em tecnologias que utilizam matérias primas renováveis, economizam recursos, aumentam a eficiência dos mesmos e reduzem custos e riscos.

“A intenção é ajudar pequenas e médias empresas a se relacionar com as grandes, se inserindo no processo produtivo delas”, explicou Mário Monzoni, coordenador do GVces, ao portal Terra.

Pequenas e médias empresas terão entre março e julho de 2012 para se inscrever no programa Inovação e Sustentabilidade na Cadeia de Valor. Elas passarão por uma avaliação do GVces e as selecionadas farão parte do banco de dados. Segundo Monzoni, o programa vai trabalhar apenas com projetos que sejam considerados inovadores, sustentáveis e que já tenham sido colocados em prática.

Fonte: EcoDesenvolvimento.org

Leave a Reply