Por Alessandra Lobo

Ser sustentável é servir de base, apoio, alicerce. Então um desenvolvimento sustentável deve ser pautado na execução das ações planejadas, no hoje, para chegar ao resultado do(s) objetivo(s). A manutenção dos resultados já conquistados e seu crescimento dependem das ações que continuam a serem desenvolvidas.

greenenggÉ como o ditado popular “Devemos plantar hoje para colher amanhã”, pois é possível colher o fruto dias, meses e anos após a plantação e, dependendo de como ela é realizada e as inovações utilizadas neste plantio, se pode diminuir, manter e crescer a colheita dos frutos.

Exemplo no âmbito Pessoal: O “sonho” (objetivo) da pessoa é ter um diploma universitário da Fundação Getúlio Vargas – FGV, mas para consegui-lo deve primeiramente ter concluído o ensino médio, definir qual curso irá cursar, se inscrever num processo de seleção de candidatos a universitários da FGV, realizar a prova de seleção, torna-se apto, se matricular, frequentar as aulas, realizar as provas e obter notas necessárias em cada disciplina e assim sucessivamente durante o período da realização da graduação. Depois de todas essas etapas a pessoa consegue o diploma de universitário da FGV. Agora, se esta pessoa ultrapassa, ou deixa de fazer como deveria algumas dessas etapas o resultado provavelmente não será o mesmo e ele poderá ser positivo ou negativo.

Para o desenvolvimento sustentável de uma empresa também segue o raciocínio exposto acima. Empresas que trabalham com algum viés para a sustentabilidade possuem um diferencial competitivo grande, em relação às demais, no entanto, poucas são as que conseguem perceber as tendências de mercado (compras governamentais, corporativas e consumidor final), legislação, marcos regulatórios, diferencial competitivo e inovação com foco em sustentabilidade.

A discussão a respeito do tema Desenvolvimento Sustentável iniciou há algumas décadas e seu conceito, segundo a Comissão Brundtland (1987) é aquilo que “satisfaz as necessidades do presente sem comprometer a capacidade das gerações futuras satisfazerem suas próprias necessidades”, ou seja, é a capacidade dos seres humanos viverem, satisfazendo suas necessidades, utilizando os recursos naturais e ao mesmo tempo realizarem práticas de cuidado e manutenção para que as gerações futuras também possam satisfazer suas necessidades.

Somente nos últimos anos, essa discussão, começou a ser absorvida pelo mercado e o Diretor Técnico do Sistema SEBRAE disse que sustentabilidade é “Otimizar o uso dos Recursos Naturais e a Redução dos Impactos Ambientais,  bem como Promover a Inclusão Produtiva por meio da Inovação e do Melhor Uso das Tecnologias.” (Carlos Alberto dos Santos, 2012), deste modo há um esforço para melhorar o uso dos recursos naturais e diminuir as alterações ocasionadas no meio ambiente por determinada ação ou atividade e a adaptação das instituições por meio de uma gestão estratégica que utilize a inovação  e melhor uso de Tecnologias.

Os micros e pequenos empresários devem olhar a sustentabilidade com um olhar estratégico, pois o modelo da atividade econômica baseado na produção e consumo esta em transição e a absorção da sustentabilidade pelo mercado ocasiona a disseminação da Economia Verde que é a minimização dos impactos gerados no meio ambiente provenientes das atividades econômicas.

sustainability

As mudanças ocasionadas por ações sustentáveis na organização são refletidas no ambiente interno, quanto no externo. No ambiente interno, inicialmente, ocorre à redução de custos e riscos e, no futuro, inovação e reposicionamento. No ambiente externo, inicialmente, ocorre reputação e legitimidade e, no futuro é um caminho e trajetória para o crescimento sustentável.

Para se conseguir tais resultados é necessário à participação, empenho e dedicação da governança e colaboradores da empresa, mas como inserir a sustentabilidade no dia a dia dos negócios?  Em primeiro lugar deixar de lado a ideia que sustentabilidade “custa caro” e, em segundo lugar, analisar os conceitos de sustentabilidade e ver os que se encaixam com a realidade e o negócio da sua empresa.

As ações podem ser realizadas tanto na questão social, ambiental e econômica e quanto maior o equilíbrio entre essas questões menor será a pobreza, desigualdade social e degradação ambiental e maior será o crescimento econômico.

Originalmente publicado em Administradores.com.br

Comments are closed.