ce100.085502

A Fundação Ellen MacArthur lançou hoje o Economia Circular 100 (‘CE100’), um programa de três anos destinado a reunir uma rede de 100 empresas líderes a nível mundial para facilitar o desenvolvimento e compromisso com novos projetos de economia circular. O CE100 irá fornecer educação executiva nos principais temas e tendências emergentes, compartilhar conhecimentos e aprendizados novos, e identificar e desenvolver soluções para desafios comuns. O objetivo é que, até 2015, as empresas participantes terão desencadeou iniciativas circulares que irá resultar em um benefício econômico agregado de US $ 10 bilhões para as empresas envolvidas.

O lançamento vem como resultado da resposta excepcional do mercado para a publicação de dois relatórios da Fundação, lançado durante o Fórum Econômico Mundial, em Davos, com a análise da McKinsey, que demonstram mais de US $ 1 trilhão de oportunidades proporcionados pela inovação da economia circular. A criação da nova aliança é apoiada por parceiros fundadores da Fundação, a Cisco, a BT, a National Grid, B & Q e Renault.

Vinte empresas já confirmaram a sua participação no programa, que abre oficialmente hoje, incluindo a Coca-Cola, M & S, o Grupo IKEA, Morrisons, Tarkett, FLOOW2, Reino Unido Heights, iFixit, Ricoh, Vestas, WRAP, Turntoo, e Desso. O programa vai buscar a filiação dos setores da indústria que se acredita serem fundamentais para a evolução da economia circular.

“A economia circular representa uma oportunidade clara e comprovada para empresas de todo o mundo. Nossa nova iniciativa traz coesão e foco para esta oportunidade e permite que as empresas para compartilhar experiências, aprender com as melhores práticas e de trabalhar em conjunto para alcançar benefícios reais de negócios. Cada um dos membros da CE100 fez um compromisso com uma iniciativa de economia circular. No total, prevê-se que este tem um valor de mais de US $ 10 bilhões, incentivando a criação, inovação e emprego. “

– Ellen MacArthur

Tagged with:
 

Comments are closed.